Não sou médico, politico e nem tenho super poderes.

Apesar da incrível insistência da minha mãe, não sou médico. Não tenho “vocação” para político. E aos 7 anos de idade descobri que não tenho super poderes.

E ai? E ai que isso não faz diferença nenhuma, pois tenho duas mãos, um cérebro inquieto e um coração apaixonado e é tudo que eu preciso para fazer o que eu quero!

Já disse e repito: EU VOU MELHORAR O MUNDO!

Não quero ser lembrado, ganhar placa com o meu nome, monumentos ou homenagens... Quero apenas ajudar as pessoas. Luto para que o meu trabalho sirva para fazer as pessoas viverem melhor, serem mais felizes, trabalharem com mais amor e paixão, ajudarem os outros, serem seres humanos melhores.

Não quero ficar rico do dia para a noite. Quero que ele seja recompensado pelo que ele valha. Nem mais. Nem menos.

Eu faço muito e recebo pouco, por isso, eles não me entendem. Não sabem que eu não trabalho pelo hoje. Eu não trabalho pelo contra-cheque que receberei no final do mês. O que faço hoje é apenas um pedacinho do que eu quero construir. É um tijolo, um prego ou uma brita da obra. A obra da minha vida.

EU VOU MELHORAR O MUNDO!

1 comentários:

Ana Maria Santeiro disse...

Olá, Márcio,


tô ficando sua fã. Vim lá do Flickr. abraço. ana maria