Difícil Não Chorar por Ele


Uma separação dói tanto, mesmo quando você sabe que ela foi acertada, porque toda separação é um tipo de morte.De fato, alguém morreu.


Morreu um Marcio-Eugenio-Namorado, que tinha toda uma série de planos, metas e objetivos - um futuro, enfim. Ao mesmo tempo, claro, nasceu um outro Marcio-Eugenio, o Marcio-Eugenio-solteiro, com outros planos, metas e objetivos - um outro futuro, provavelmente melhor.

Ver fotos do nosso duplo é mais ou menos como rever fotos daquele amigo que morreu moço - e levou consigo todo um futuro que não vai mais acontecer. Difícil não chorar por ele.

PS: Essa é uma versão adaptada, o original está no LLL o blog do Alexandre. Espero que não fique brabo por ter "pego" o seu texto, mas essas palavras expressam exatamente o que estou sentindo...

1 comentários:

Juliana Maia disse...

Querido Márcio!

Eu me vi no seu texto adaptado...
Valeu a força...
Vc é mesmo encantador...

Super beijo no coração
Juliana Maia "Juzinha"