Separação dói.


Sim, sem dúvida a separação dói. E como dói! É como se você levasse um tiro. É como se você se cortasse. É com se você quebrasse um braço. Mas isso passa. Com o tratamento adequado e tempo, isso passa.

Entretanto, viver uma vida meia-boca, ser feliz e infeliz todos os dias um pouquinho é como uma dor de dente, uma dor de ouvido, uma dor de cabeça. Você não dorme direito, mas dorme. Você não sente fome, mas come. Você não procura ajuda, não toma uma atitude, pois acredita que amanhã as coisas melhorarão.

Se você tiver medo de resolver o que precisa ser resolvido é como se você deixasse de viver e se tornasse refém do que te incomoda. A solução dos nossos problemas não cai do céu. Hoje, como conhecimento de causa, não espere até amanhã para resolver qualquer coisa que te incomoda. Faça hoje, faça já!

Hoje, mais do que nunca, sou a favor da técnica do personagem do Tom Hanks no filme o Naufrago. Lembra aquela cena que ele arranca um dente utilizando um patins para o gelo e uma pedra?

Se vai doer? Sim, sem dúvida. Vai doer muito, mas é temporário! E tenha certeza, a única pergunta que ficará na sua cabeça depois é: porque eu não fiz isso antes?

NÃO RECLAME DO MUNDO! MUDE O MUNDO!

2 comentários:

Nelson disse...

Oi.
Obrigado pela visita ao atuleirus.
Um abraço.

Anônimo disse...

Espero achar o caminho certo ...